quinta-feira, 23 de abril de 2009

A vida física



Se devemos a existência ao Criador, segue-se que também devemos a Ele o cuidado do que Ele nos confiou. Na Bíblia, existe ampla evidência de que Deus está interessado em nosso bem-estar físico. Vez após outra, Ele manifestou interesse pelo bem-estar de Israel. Deu aos israelitas numerosas instruções sobre a alimentação saudável e saúde pública. Deu-lhes o maná no deserto. Deus cuidou de Elias quando houve fome na terra. Estes são apenas alguns dos muitos exemplos do cuidado de Deus pelo nosso bem-estar físico.


Essa verdade se torna ainda mais clara no ministério de Jesus Cristo. Mesmo uma leitura superficial dos Evangelhos deixa evidente que a compreensão da religião de Jesus era muito prática.


3. Como Jesus mostrou interesse em Seu próprio bem-estar físico e no das pessoas ao Seu redor? Analise nas passagens seguintes as implicações pra os dias de hoje.


a. Cura (Mc 5)  -   "Entrementes, chegaram à outra margem do mar, à terra dos gerasenos. Ao desembarcar, logo veio dos sepulcros, ao seu encontro, um homem possesso de espírito imundo, o qual vivia nos sepulcros, e nem mesmo com cadeias alguém podia prendê-lo; porque, tendo sido muitas vezes preso com grilhões e cadeias, as cadeias foram quebradas por ele, e os grilhões, despedaçados. E ninguém podia subjugá-lo. Andava sempre, de noite e de dia, clamando por entre os sepulcros e pelos montes, ferindo-se com pedras. Quando, de longe, viu Jesus, correu e o adorou, exclamando com alta voz: Que tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? Conjuro-te por Deus que não me atormentes! Porque Jesus lhe dissera: Espírito imundo, sai desse homem!" 


b. Descanso (
Mc 6:30-32)  -  "Voltaram os apóstolos à presença de Jesus e lhe relataram tudo quanto haviam feito e ensinado. E ele lhes disse: Vinde repousar um pouco, à parte, num lugar deserto; porque eles não tinham tempo nem para comer, visto serem numerosos os que iam e vinham. Então, foram sós no barco para um lugar solitário." 


c. Alimentação (
Mc 6:33-43; esp. v. 34)   -   "Ao desembarcar, viu Jesus uma grande multidão e compadeceu-se deles, porque eram como ovelhas que não têm pastor. E passou a ensinar-lhes muitas coisas. Em declinando a tarde, vieram os discípulos a Jesus e lhe disseram: É deserto este lugar, e já avançada a hora; despede-os para que, passando pelos campos ao redor e pelas aldeias, comprem para si o que comer. Porém ele lhes respondeu: Dai-lhes vós mesmos de comer. .... Tomando ele os cinco pães e os dois peixes, erguendo os olhos ao céu, os abençoou; e, partindo os pães, deu-os aos discípulos para que os distribuíssem; e por todos repartiu também os dois peixes. Todos comeram e se fartaram; e ainda recolheram doze cestos cheios de pedaços de pão e de peixe."


d. Sábado (
Lc 4:16)  -  "Indo para Nazaré, onde fora criado, entrou, num sábado, na sinagoga, segundo o seu costume, e levantou-se para ler."


4. Em que outras áreas Jesus mostrou preocupação pelo bem-estar físico das pessoas?


A maneira de tratarmos nosso corpo está intimamente relacionada com a mordomia. Sejam as posses materiais, o tempo, os talentos e o corpo – tudo é propriedade de Deus e, assim, requer-se que sejamos fiéis mordomos para cuidar desses dons. Mas o cuidado do corpo também está intimamente relacionado com a visão bíblica da pessoa humana. Muitos cristãos creem que somos uma alma imortal que habita uma concha mortal de carne e sangue. No entanto, a Bíblia descreve a humanidade como uma unidade de corpo, alma e espírito, que não podem ser separados. Portanto, nossa religião não se refere apenas a “algo” imortal, mas a todo o ser. Ela afeta todos os aspectos da existência.


Embora a Bíblia indique que alguns alimentos são inadequados para consumo humano (veja, por exemplo, Levítico 11), o reino não deve ser reduzido a uma questão do que comemos e bebemos (veja Rm 14:17). Como podemos alcançar o equilíbrio correto, não só na alimentação mas em todas as áreas do viver saudável?

"Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo." (Rom. 14:17)




Um comentário:

  1. Amigos.
    Não sou jornalista nem escrevo bem.
    Sou aposentado, recebendo do INSS e tendo o IR descontado na fonte. Não recebo as benesses de nosso apedeuta mor que tem pensão do INSS acima do máximo, isento de Imposto de Renda por se achar perseguido político, ou melhor, por se anistiado político.
    Luto com as armas que tenho que é um blog, como forma de desabafar ao ver tanta roubalheira, falta de ética, falta de honestidade e principalmente falta de vergonha na cara desta quadrilha que tomou de assalto o Palácio do Planalto.
    Quero convidar os amigos a participarem da minha forma de protesto, o blog Brasil – Liberdade e Democracia - http://brasillivreedemocrata.blogspot.com/.
    Se não levantarmos nossas vozes em protesto o que será deste país para nossos filhos e netos?
    Agora é a hora de lutarmos por uma pátria livre democrática, e sobre todo com governantes honestos e éticos.

    ResponderExcluir